Embrapa abre edital sobre inovação aberta na Amazônia

07/04/2021

Estão abertas as inscrições do edital da primeira chamada pública de Inovação Aberta para a Amazônia, que busca parceiros da iniciativa privada, instituições, cooperativas e produtores organizados para desenvolver soluções tecnológicas para a região em parceria com a Embrapa Amazônia Oriental.

A chamada é aberta a todo o Brasil e as propostas podem ser enviadas até o dia 20 de abril. As inscrições são no site da Embrapa.

O edital aceita propostas em seis temas ou linhas, incluindo bioeconomia avançada; conservação e uso sustentável de espécies florestais; responsabilidade ambiental; inovação social; sistemas de produção sustentáveis e transformação digital. Elas devem atender a demandas de mercado para período máximo de 50 meses e devem contar com investimentos financeiros e não-financeiros da Embrapa.

“A ideia é promover o co-desenvolvimento de softwares, produtos agroindustriais e alimentícios ou serviços, tendo como base a agropecuária, floresta e biodiversidade da região”, explica Bruno Giovany de Maria, chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Amazônia Oriental.

Empresas, startups, cooperativas e associações de produtores de todo o país podem submeter propostas.

A Empresa informa que os recursos já estão garantidos e o volume é definido a partir do tipo de parceria, que pode ser com empresas ou associações de pequeno, médio ou grande porte. Todas as partes entram com investimentos financeiros e materiais.

As propostas passarão por etapas de seleção qualificatória e classificatória, e o resultado deve anunciado no dia 3 de maio.

Inovação aberta

A inovação aberta envolve o desenvolvimento de produtos, serviços e processos a partir de ideias coletivas. O processo de construção da inovação aberta agrega expertises da pesquisa, do mercado e do segmento produtivo.

Fonte: G1

    Newsletter