MCTI/FINEP anuncia chamadas nas áreas de saúde e biotecnologia

29/07/2022

Em uma transmissão ao vivo, nessa quinta-feira (28), o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, junto com os presidentes da FINEP e CNPq, vinculadas ao ministério, anunciou novas chamadas públicas com uso do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT) que englobam as áreas da saúde e biotecnologia.

A FINEP/MCTI lançou uma chamada pública de R$ 35 milhões para a pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) para o diagnóstico, tratamento e reabilitação de pessoas com doenças raras. A chamada estará disponível no site da empresa e receberá propostas de Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) até o dia 8 de setembro. As linhas de pesquisa se concentram no diagnóstico e abordagem terapêutica das doenças raras. Cada proposta pode receber de R$ 1 milhão a R$ 2 milhões, mas projetos que envolvam a realização de ensaios clínicos podem ser contemplados com até R$ 8 milhões.

O CNPq/MCTI anunciou 5 editais que serão disponibilizados nos próximos dias para as áreas de saúde e biotecnologia:

  • Pesquisa, desenvolvimento e inovação em Covid longa em 3 linhas temáticas (incidência, fatores de risco e tratamento da doença) no valor de R$ 27 milhões
  • Enfrentamento a resistência antimicrobiana, com valor de R$ 37 milhões, e objetivo de apoiar linhas de pesquisa que vão investigar os mecanismos de resistência dos microorganismos; transmissão em ambientes hospitalares; aprimoramento de antibióticos; redes de pesquisa para o monitoramento de cepas resistentes, entre outros.
  • Projetos de biotecnologia em saúde humana, agropecuária, meio ambiente e indústria, que vai apoiar em R$ 31 milhões para o desenvolvimento de novos biofármacos, tecnologias de melhoramento, recuperação ambiental, biocombustíveis de segunda e terceira geração, entre outros.
  • Capacitação de recursos humanos para atuação em ambientes de alto nível de contenção biológica, que vai destinar R$ 30 milhões em bolsas de treinamento no país e no exterior em diferentes cronogramas para submissão de propostas.
  • Aplicação de novas tecnologias e ferramentas de bioinformática em biotecnologia para o desenvolvimento de aplicações e ferramentas de bioinformática, pesquisa com foco em edição genômica e sequenciamento genético, com valor de R$ 15 milhões.

O secretário de Pesquisa e Formação Científica do MCTI também anunciou que o ministério vai disponibilizar hoje (29), com recursos próprios, uma chamada de R$ 1,2 milhão para o programa de Laboratórios Satélites (SALAS MCTI), que terá prazo de participação até 8 de agosto e vai levar pesquisadores para atuar nos laboratórios criados pelo ministério na região amazônica.

O ministro do MCTI elogiou as equipes do ministério e vinculadas pelo empenho em organizar as chamadas e lembrou os editais lançados na quarta (27), com valor de R$ 900 milhões.

Fonte: Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações